Home / Ver e Fazer / Aqui perto / Espanha / MÉRIDA
PT | EN | ES
spacer
MÉRIDA

MÉRIDA

Augusta Emerita foi fundada por ordem do imperador Augusto, no ano 25 a.C., como prémio para os veteranos das legiões V Alaudae e X Gemina que lutaram contra os cantábricos e os asturianos. Roma designou-a capital de uma das provincias da península, a Lusitania. Como a maior parte dessa província romana é hoje território português, uma visita a Mérida, sua antiga capital, torna-se imprescindível. Tendo sido edificada no coração da Lusitânia, converteu-se, de imediato, num dos principais centros urbanos da Hispânia Românica. Após a decadência do império romano, a cidade manteve a sua grandeza assumindo-se, na época visigótica, como a segunda cidade em importância, imediatamente a seguir a Toledo, a capital. Durante a época muçulmana, Mérida perdeu a sua importância, devido às contínuas rebeliões dos seus habitantes contra o domínio do califado, o que levou Abderramán II a ordenar, no ano 842, como castigo, a destruição parcial da cidade. Começa, nesta época, um longo periodo de decadência da cidade, tanto a nível político como religioso. A reconquista cristã levada a cabo por Afonso IX em pouco contribuiu para o seu desenvolvimento. Apenas com o recento estatuto autonómico, Mérida começou a tornar-se numa próspera cidade, abarcando as duas margens do Guadiana. A antiga capital da Lusitânia conta hoje com mais de 60.000 habitantes orgulhosos da importância histórica da sua cidade, da ampla rede de serviços que têm à sua disposição e das excelentes infraestruturas hoteleiras construídas nos últimos anos. Desde 1993, esta cidade foi declarada, pela UNESCO, como Património da Humanidade.

Fonte: http://www.leme.pt/turismo/espanha/merida/